sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Críticas ao artigo de análise dos dados ERBE

O trabalho de Lindzen e Choi com o satélite ERBE que mencionei aqui e aqui, e que contraria onze modelos de computador, recebeu críticas que me parecem importantes e que vou referir:

  • uso de uma versão antiga e não corrigida dos dados ERBE

  • ignorar um conhecido “temporal aliasing” dos dados ERBE

  • comparar apenas com um modelo que apenas usa atmosfera e não atmosfera e oceano acoplados

  • má gestão das respostas directas às mudanças da temperatura da superfície do mar.

McIntyre diz que estes erros podem ser corrigidos. Acrescenta ainda estas críticas:

  • Inferir para toda a terra a partir da região tropical apenas

  • Considerar apenas feedbacks para processos rápidos

  • Resultados pouco plausíveis para o que foi realmente analisado (requerem mais explicações)

  • Modelo climático simplificado

Sem comentários: