sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Frio, frio como a água do rio: morte por todo o lado

http://www.cbs12.com/news/home-4723471-rats-cardosi.html

Florida: ratos correm para dentro das casas. http://www.cbs12.com/news/turtles-4723481-cold-loggerhead.html

Florida: 93 tartarugas marinhas jovens encontradas semi-inconscientes devido ao frio, na Mosquito Lagoon, um “berçário” de tartarugas. Esperam-se mais vinte cada dia. http://www.sportfishingmag.com/news/news/cold-temperatures-impact-florida-fish-and-wildlife--1000079798.html http://myfwc.com/NEWSROOM/10/statewide/News_10_X_ColdStress1.htm

Sirenídeos (manatee) da Florida em risco de stress pelo frio, diz o Florida Fish and Wildlife Conservation Commission, que também já recuperou mais de 250 tartarugas marinhas em estado de choque hipotérmico. O FWC tem recebido vários telefonemas a relatar morte de peixes. http://thescotsman.scotsman.com/news/Livestock-being-frozen-to-death.5961813.jp

Pastores escoceses receiam a morte do gado: a neve tem metro e meio de altura e os animais não podem alimentar-se. Receia-se mesmo que as ovelhas possam estar soterradas pela neve. Muitos já não podem chegar aos rebanhos, por as estradas estarem cortadas.

É difícil encontrar forma de alimentar os animais com rações, uma vez que muitas estradas estão fechadas e se está a esgotar a areia e o sal. Em alguns casos, já há oito dias que os animais não podem ser alimentados. http://www.justnews.com/news/22152242/detail.html

De novo na Florida, onde parece que tudo se passa, os iguanas caem das árvores em estado de hibernação. http://www.independent.co.uk/environment/snowfalls-are-now-just-a-thing-of-the-past-724017.html

Boa altura para ler, à lareira, este artigo do Independent, de 2000, onde se diz no título que “As quedas de neve são uma coisa do passado” e, mais à frente, que “a neve está a desaparecer das nossas vidas”, e que David Viner, da Creative Research Unit da UEA, diz “as crianças não vão saber o que é a neve”. E mais bojardas aquecistas. No fim, pode deitar-se na lareira.

Sem comentários: