sexta-feira, 22 de janeiro de 2010

Se não acertamos com a ciência, talvez um gestor de relações públicas?

http://www.nature.com/nature/journal/v463/n7279/full/463269a.html

É caso para dizer que diga outra vez.

Um editorial da Nature de ontem avança que, como os horríveis cépticos andam a afiar a faca atrás de todas as barracas que os nobres "cientistas do clima" dão, então o melhor é... contratar gestores de relações públicas. I'm impressed.

O título e subtítulo do editorial são: "Clima de suspeita - com os cépticos das alterações climáticas à espera de poder dar pancada em todas as incertezas científicas, os investigadores precisam de uma estratégia de comunicação sofisticada".

Lá para o fim: "E o mensageiro importa pelo menos tanto quanto a mensagem. As pessoas têm mais fé nos peritos -- e cientistas -- quando acham que o interlocutor partilha os seus valores. A comunidade de investigação em alterações climáticas faria assim bem em usar conjuntos diferentes de vozes com backgrounds diferentes ao comunicar com os decisores e o público." [...]

"Por mais conforto que venha de pensar que são as melhores provas que irão eventualmente convencer o público por si só, os cientistas do clima já não podem continuar com esse pressuposto ingénuo."

Diga lá outra vez?

Sem comentários: