quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

Bishop Hill desiste logo na primeira frase



Bishop Hill decidiu fazer uma experiência: pegou num parágrafo do WG2 e foi ver as referências.
Desistiu na primeira frase.

Usou a secção 10.2.4.1, Agriculture and food production. Fala da queda da produção de arroz, milho e e trigo na Ásia, e dá umas tantas de referências.
Uma é sobre a produção de chá no Ceilão.
Outra não se consegue encontrar na Web (não é grave, a web não tem de ter tudo).
Outra é de uma ONG e o estudo encomendado pela ONU, sem revisão por pares.
Outra não se encontra na totalidade, mas encontra-se o resumo, que não diz com o texto: diz que nuns sítios passou a haver mais exigência de água e noutros menos, e que tudo isso tem impacto na humidade do solo e mais umas coisas.
Outro fala da variabilidade do clima na China, e como o El Niño e EASM afectam a produtividade. Fala de “global warming” na p. 29, sec. 4.2., para dizer que é de esperar que o El Niño seja afectado pelo aquecimento global.

Pelo que, ao fim da primeira frase, nenhuma das citações tinha a ver com o que tinha sido dito! Fantástico!

Então, ele vai procurar o rascunho nível 2 (second order draft) do documento.
O que lá está tem pouco a ver com o que acabou por ser publicado. Mas não que melhore muito: três das referências continuam a não ter a ver com o que está no rascunho, e descobre-se que uma das cinco foi introduzida a martelo na publicação final sem ter passado pelo rascunho e sido vista pelos revisores.
Ou, pelo andar da carruagem, viram.

Se fossem meus alunos, tinham cinco e o trabalho discutido em público.
Diz Bishop Hill que ficou logo por ali, porque tem uma vida real. Eu também.

Sem comentários: