quinta-feira, 4 de fevereiro de 2010

"Fuligem" é que derrete glaciares nos Himalaias




Os glaciares dos Himalaias estão a retrair-se: ninguém discute isso (releia-se o estudo de Raina).
Menon e outro publicaram o artigo “Black carbon aerosols and the third polar ice cap” em que defendem que os aerossóis são um factor muito mais determinante da retracção dos glaciares dos Himalaias que o CO2, contribuindo em pelo menos 90% para o efeito, e as partículas contendo carbono em pelo menos 30%.
As nossas simulações mostram que os gases de estufa, por si sós, não chegam para ser responsáveis pelo derreter da neve.”
As variações em precipitação de neve não foram tidas em conta. Esta reduziu-se em média 16% na região, entre 1990 e 2000 e é essencial para a manutenção dos glaciares.
Fazem notar que é muito mais fácil controlar as emissões de “fuligem” que de CO2, embora usem para a vida do CO2 na atmosfera o valor de 100 anos, que apenas o IPCC defende, contra mais de uma dezena de autores.



Update: Richard North faz notar que este artigo mostra como a concentração da atenção no CO2, que não tem nenhuma utilidade prática, tem feito esquecer a verdadeira poluição e que, na sua opinião, isso é Mal em estado puro.




Sem comentários: