quarta-feira, 10 de fevereiro de 2010

IPCC: Autores do WGI atiram-se aos do WGII




Autores do Work Group I do IPCC criticam os do Work Group II: “Não há dúvidas que a inclusão da frase sobre glaciares foi desleixada. Acho embaraçoso que o grupo de trabalho dois (WGII) tenha referido essa frase como o fez.”


Outro diz: “Estou aborrecido com isto e penso que o WGI, a base física das alterações climáticas, deve ser distinguido do WGII e do WGIII. Este último lida com impactos, mitigação e socioeconomia, e acho que ficaria muito melhor noutra divisão da ONU, ou até noutra organização.”

O WGI fez uma avaliação correcta do estado dos glaciares e isto é que deveria ter sido a fonte citada pelo pessoal do impacto no WGII”.

O erro não foi feito “por cientistas do clima, mas sim pelos cientistas sociais e biológicos do WGII”.

Parte do problema é que o WGII envolve cientistas sociais. Estão mais habituados a usar fontes mais diversas e, de facto, a opinião de peritos é também uma ferramenta de análise importante em ciências sociais.”
A triste realidade é que esta controvérsia inventada sobre o clima é como discutir a ementa do jantar do Titanic enquanto ele se afunda.”
Mas o problema não é a ementa, é o nome do barco, mesmo.

Sem comentários: