quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Mann ilibado de 3 dos 4 motivos de investigação




Terminado o inquérito preliminar a Mann, o relatório que saiu hoje iliba-o de três das quatro “acusações” e mantém uma, a existência de dúvidas sobre a conduta científica, no geral, de Mann, o que, dizem, pode lançar dúvidas sobre a integridade da investigação no geral e da “ciência climática” em especial.
Assim, recomendam uma investigação feita por outros, que sejam investigadores, e não por funcionários, como esta foi.
Mann foi ilibado de supressão e falsificação de dados, destruição de elementos relativos ao AR4, e uso de informação privilegiada (insider information).
A decisão baseou-se quase exclusivamente na leitura dos e-mails do Climategate escritos por Mann e nas suas respostas aos funcionários que fizeram o inquérito. Aparentemente, só mais duas pessoas, ligadas à revista de divulgação Science, foram ouvidas.
Um comentador algures compara a situação com mandar três capitães dos SS investigar o Himmler.

Sem comentários: