domingo, 4 de abril de 2010

Tempo excepcional no Ártico


O Ártico parece estar a aquecer. Os relatos de pescadores, caçadores e exploradores apontam para uma mudança radical de condições climáticas e temperaturas nunca dantes vistas.
As condições do gelo são excepcionais: nunca se viu tão pouco gelo. A expedição do Dr. Hoel pôde navegar até aos 81º 29' sem encontrar gelo. É o máximo de latitude norte alguma vez atingido com equipamento oceanográfico moderno.
Perto dessa latitude, o Dr. Hoel encontrou a Corrente do Golfo muito quente, e ainda a encontrou enquanto corrente de superfície acima do paralelo 81.
É de notar o tempo invulgarmente quente no Ártico Norueguês. O Capitão Ingebrigtsen diz que a região está muito mudada desde há cinco anos. Muitos pontos de referência mudaram a ponto de estarem irreconhecíveis. Muitos glaciares que avançavam pelo oceano desapareceram completamente.
A mudança de temperatura trouxe também mudanças na flora e na fauna. Muitos cardumes desapareceram completamente. As focas são menos que o habitual. Com o seu desaparecimento, apareceram grandes cardumes de arenques e de pequenas trutas.
No seu regresso, o Dr. Hoel reportou a localização de minas de carvão até agora desconhecidas.


Sem comentários: