sexta-feira, 14 de maio de 2010

Mais calor perdido

Pielke O Velho publica uma nota de Phil Klotzbach sobre o conteúdo de calor na parte mais superficial do mar equatorial, baseado nos dados de abril do Climate Prediction Center, em especial para a área de 100 a 180 º W, aquela onde se manifesta o El Niño.
De março para abril, a temperatura dessa área diminuiu 1 ºC, o que é a maior descida desde 1979. A grande pergunta, à la Trenberth, é: para onde foi o calor?
Pode ter sido transferido para camadas mais profundas, mas ninguém o viu passar. Ou pode ter sido transferido para o espaço, o que parece mais provável.

Sem comentários: