domingo, 2 de maio de 2010

Na semana passada

Falámos do calor que falta nas contas de Trenberth.
Art Horn, no IceCap, diz que podemos todos ir arrefecer imenso.
Olhei para as temperaturas mínimas da estação ártica de Eureka, à procura de valores estranhos, e não encontrei nada de suspeito.
Pus os diversos níveis de CO2 em perspetiva, comparando-os graficamente. Assim sabemos por alto o que fazem, biologicamente, as concentrações de CO2.
Tivemos os resultados da sondagem sobre árvores e temperaturas.
Apanhei 30 ºC à sombra. Gostei.
O gelo do Ártico continua em grande, para a época, comparado com os anos mais recentes.
Pielke O Velho fala de um artigo em que os “cientistas” climáticos desistem da realidade.
Consigo finalmente falar do falhanço de uma previsão fulcral da teoria do Aquecimento Global Antropogénico Catastrófico, o ponto quente equatorial.
O IPCC é apanhado por Donna Laframboise a citar uma publicação que nem é científica nem existia quando a ciência foi discutida para a elaboração do AR4.
Mais modelos falhados: o gelo do Ártico.
O gráfico da extensão de gelo do NSIDC continua a fazer-nos negaças.
Adicionei o My Views on Climate Change à lista de blogs e modifiquei o esquema do blog.

Sem comentários: