segunda-feira, 10 de maio de 2010

Na semana passada

Com um pequeno atraso, outra vez, aqui está o resumo dos títulos da semana passada.
Incluí na lista de blogs o Science of Doom.
Anthony Watts diz que o El Niño presente é um El Niño Modoki, e que estes raramente são seguidos de um La Niña, pelo que não é de esperar grandes descidas de temperatura pelo verão.
Alguns céticos com blogs estão a ser abordados por ramos de polícia especial na investigação do hack/publicação dos e-mails do CRU.
Phil Jones diz que já esteve mais quente na Groenlândia, mas diz que cuidado!, porque se continuar a aquecer, vai ficar mais quente do que já esteve (!).
Pielke O Velho fala-nos dos artigos que o IPCC não tomou em consideração ao elaborar o AR4. Muitos dos que refere são dele.
O procurador da Virgínia abre uma ação contra Mann.
Joe Bastardi apresenta-nos uns conceitos correntes em vídeo.
Pachauri, de passagem por Portugal, dá uma longa entrevista ao Público.
Abril foi quente no conjunto de dados do RSS, e menos no UAH.
Roy Spencer publica um livro sobre o papel dessas coisas ignoradas, as nuvens, na temperatura da Terra.
O Google diversifica para a produção eólica (aconselhado pelo Al Baby?)
Apresento-vos um longo resumo de vinte artigos que são unânimes em dizer que o frio mata mais que o calor, e durante mais tempo; e que têm mais detalhes ainda sobre o efeito relativo do calor e do frio na saúde.
Um prof fez uma conferência para dizer que os céticos não devem ter voz nos media.
Depois de um artigo de blog no Cypress Times, resumido e explicado por Joanne Nova, escarafuncho mais um bocado e encontro mais ligações curiosas. Haverá uma ligação entre a Fundação Rockefeller (etc.) e o Greenpeace?
A sondagem da semana foi sobre a opinião dos leitores sobre várias afirmações relativas a aquecimento global.
Olhando para os mapas de anomalias produzidos por duas fontes a partir dos mesmos dados, ficamos com a ideia de que estão a falar de planetas diferentes. Porquê?
A Science publica um abaixo assinado, de natureza política, de 255 sábios da NAS, ilustrado por uma fotomontagem muito querida de um urso branco num bocado de gelo.
Descubro que estou a dar com mais coisas do que tenho tempo para vos falar, e digo quais são.
Para tornar a coisa ainda pior, pus-me a verificar a formação e áreas de investigação dos 255 signatários da petição.
Há neste momento duas sondagens em curso: uma sobre a frequência das visita dos leitores, outra sobre a utilidade de posts mais detalhados.

Sem comentários: